Rotina de Estudos e Avaliações

Na vida acadêmica, o tempo pode ser o melhor companheiro ou o pior inimigo. Tudo depende de como ele é utilizado. No Colégio de A a Z, nós acreditamos que seja possível conciliar muitas tarefas e interesses, desde que o aluno organize sua rotina. Com planejamento detalhado, pode-se evitar o desespero antes das provas.

Plano Semanal de Estudos

No início do ano letivo, cada aluno recebe um Plano Semanal de Estudos. Esse documento parte das circunstâncias, objetivos e dificuldades do estudante, estabelecendo uma rotina saudável de estudos ao longo da semana.

Em linhas gerais, além de assistir às aulas regulares, sugerimos que o estudo em casa seja regulado por metas específicas, em vez de “quantidade de horas”. De verdade, é um pouco abstrato dizer a um adolescente que ele deve “estudar Física durante duas horas na segunda-feira.” Preferimos estabelecer uma certa quantidade de exercícios que precisam ser resolvidos ao longo da semana, na forma das Folhas_A_Z.

Folhas_A_Z

As Folhas_A_Z são listas semanais de exercício por matéria, que cobram o conteúdo visto recentemente pelo aluno. No caso da 3ª série , essa seleção de exercícios inclui questões inéditas e de vestibulares importantes. A função dessas folhas de exercício é solidificar o conhecimento da aula, mantendo a matéria sempre em dia.

O aluno procura resolver as questões sozinho e assinala suas respostas na área restrita do site. Imediatamente, ele pode verificar seu resultado, avaliar as questões que eventualmente tenha errado e assistir ao vídeo explicando como essas questões deveriam ter sido corretamente resolvidas.

Essas folhas são entendidas como instrumentos de aprendizado, e não de avaliação. Por isso, os resultados dos alunos não entram na nota trimestral. Nossa mensagem é que o erro faz parte do processo de estudo, desde que seja enfrentado.

De modo geral, as questões presentes nessas folhas são fonte de inspiração para os testes e avaliações trimestrais, o que significa que, ao enfrentá-las ao longo das semanas, o aluno estará se preparando para as testagens de modo consistente, e não eventual.

E já que nossa intenção é incentivar o aprendizado pela correção dos erros, oferecemos dois recursos aos alunos para entenderem as questões que erraram: a monitoria e as resoluções em vídeo, disponíveis no site.

Testes Objetivos

O 9º ano do Ensino Fundamental e a 1ª e a 2ª séries do Ensino Médio fazem dois testes objetivos por trimestre, complementares às provas, para verificar a apreensão do conteúdo visto a cada ciclo.

No caso da 3ª série, os testes objetivos têm sua periodicidade orientada pelo calendário de provas de vestibular, divulgado ao longo do ano. Em todo caso, a ideia é que os alunos mantenham seus estudos em dia.

Para os alunos ao final do Ensino Médio, a contagem de tempo para os testes utiliza a média de quatro minutos por questão e uma hora para a Redação, conforme o funcionamento das principais provas de vestibular.

Nas séries anteriores, esse tempo é maior e vai sendo reduzido a cada ano, de modo a preparar os alunos para essa circunstância das provas de vestibular e do ENEM.

Provas Trimestrais, finais e de recuperação

As provas trimestrais utilizam como inspiração as questões já vistas pelos alunos em suas folhas de exercício. Com isso, valorizam-se o estudo constante e a atuação corretiva nos erros: os alunos sabem qual é a parte da matéria em que têm maior dificuldade e podem se dedicar a superar as dúvidas antes das provas.

Ao final do 1º semestre, antes do recesso, os alunos têm a oportunidade de fazer uma prova de recuperação parcial, caso suas médias apontem essa necessidade. Nessas provas, é possível alcançar a pontuação da média (6,0), sem ultrapassá-la.

No final do ano, após as provas de 3º trimestre, os alunos fazem as provas finais. Se, ainda assim, não alcançarem a média de aprovação, contam com uma última chance, que é a prova de recuperação.

Simulados

A avaliação principal para a preparação da 3ª série ocorre com frequência aproximadamente mensal. Trata-se dos Simulados. Essas provas reproduzem, progressivamente, cada um dos modelos do vestibular: ENEM, Exame de Qualificação da UERJ, 2ª fase da UERJ e o vestibular de fase única da PUC.

No caso das provas de 2ª fase ou fase única, o aluno opta por sua carreira na universidade, podendo simular sua colocação e melhorar seu desempenho.

« volta